sexta-feira, 27 de agosto de 2010

R$ 100 milhões disponíveis para empreendedores

Prezados leitores do Blog do Oscar, lendo a seção de negócios do Jornal on line Diário do Nordeste, me deparei com uma notícia boa para os empreendedores, especialmente os microempreendedores Individuais. Através do BNB - Banco do Nordeste, o governo irá disponibilizar a cifra de R$ 100 milhões para ser emprestado aos empreendedores. Vejam reprodução da matéria abaixo, leiam, reflitam e comentem!

ACORDA BRASIL!!!

BNB estuda programa para financiar empreendedores individuais. Recursos são provenientes do FNE. Os empreendedores individuais, formalizados pelo EI, terão disponíveis R$ 100 milhões para investimento no negócio, como para aquisição de móveis, utensílios, máquinas e equipamentos e construção/reforma de instalações físicas. A proposta foi apresentada pelo Banco do Nordeste, em reunião na Sudene, na última quarta-feira, quando foi tratado o "Programa de Financiamento ao Microempreendedor Individual".

Os recursos serão provenientes do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). A reunião contou com participação de representantes da Sudene, Sudam, Sebraes, BNB, Banco da Amazônia, Ministérios da Integração Nacional, Fazenda e Planejamento, Orçamento e Gestão.

Garantias

Segundo o gerente do Ambiente de Políticas Territoriais Ambientais e de Inovação do BNB, Carlos Alberto Pinto Barreto, o limite de financiamento por mutuário será de R$ 15 mil. "As garantias serão as usualmente exigidas pelos bancos, tais como fiança ou aval, alienação fiduciária e outras garantias aceitas pelo BNB", acrescentou. "As prestações são mensais. Os juros serão de 6,75% ao ano e está prevista a incidência de bônus de adimplência de 25% sobre os juros para empreendimentos localizados no semiárido e de 15% para os que ficarem localizados fora do semiárido".

Somente terão direito ao bônus os mutuários que pagarem as prestações (juros e principal) até as datas dos respectivos vencimentos.

Elaboração

Barreto explicou que o programa FNE-EI ainda está em fase de elaboração. "A ideia é que esteja no mercado a partir de 2 janeiro de 2011", projetou. "Enquanto não for lançado, os empreendedores podem procurar o banco e ser atendido via Crediamigo".

Crediamigo

O programa de microcrédito produtivo orientado libera valores iniciais, que variam de R$ 100 a 4.000, de acordo com a necessidade e o porte do negócio. Os empréstimos podem ser renovados e evoluir até R$ 15.000, dependendo da capacidade de pagamento e estrutura do negócio, permanecendo esse valor como endividamento máximo do cliente. Barreto explica que esta linha é uma opção para quem quer contratar recursos para giro.

Créditos: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=840442

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sorteio de R$150,00 – você só precisa comentar!

Taí uma bela oportunidade ganhar R$ 200,00 com programas de afiliados!!! Acessem o link abaixo e vejam as regras para concorrer ao prêmio!!!...