Pular para o conteúdo principal

Você precisa se esforçar mais para ser odiado

Prezados leitores do Blog do Oscar, compartilho com vocês um dos melhores artigos que já li em toda minha vida. O artigo abaixo retrata um pouco da minha personalidade e por isso, compartilho com vocês prezados leitores para que possam ler e refletir sobre suas vidas, sobre o que vocês estão fazendo de diferente para mudar a vida de vocês, mudar a comunidade onde moram, mudar a empresa onde trabalham, mudar o mundo! Boa leitura a todos!

“É melhor ser odiado por aquilo que você é do que ser amado por aquilo que você não é.”

Eu conheço uma menina de 15 anos anos que acaba de ganhar dois peitos de silicone de presente de aniversário.
Ela não pediu que lhe dessem um iPad, um iPhone, uma viagem para a Disney, um dia no SPA com as amigas, ou um carro zero quilômetro, ela queria desesperadamente dois peitos de silicone. Era silicone ou nada. 
Surpreso? 
Não fique. 
Você também já deve ter feito alguma loucura parecida para ter o “design” necessário para ser amado pela galera. 
O problema é que esse desespero maluco das pessoas em ser amadas por todos a sua volta está levando o mundo dos negócios a falência criativa. 
Você sabe, eu sei, a minha filha de seis anos sabe, todo mundo sabe: ao tentar ser tudo para todos você acaba sendo nada para ninguém.  
E mais, você acaba comprando algo que não gosta para satisfazer pessoas que você não conhece para parecer algo que você não quer ser. 
Eu penso que as pessoas precisam se esforçar um pouco mais para serem odiadas por outras pessoas. 
Esse negócio de ser percebido como gente boa por todo mundo não tá com nada. Ser odiado por alguém não é uma coisa ruim. De fato, é uma coisa muito boa para você e para quem te odeia. 
É bom para você porque finalmente você está saindo do quadrado e defendendo alguma causa que realmente mexe com as pessoas. Agora você está exposto, e tem que fazer alguma coisa para provar a todos que a sua idéia faz sentido. 
É bom para quem te odeia porque faz as pessoas se emocionarem, mexerem com os seus neurônios do cérebro para - no mínimo - refletirem seriamente sobre suas próprias crenças. 
Se alguém odeia você, ou a sua idéia, é porque você está próximo de encontrar alguém que vai amar você e a sua idéia. Amor e ódio são dois lados da mesma moeda. Ao ser odiado, pode ter certeza que será amado. 
Se ninguém te odeia, ninguém te ama. 
Se todos gostam das suas idéias é porque você ainda não chegou em uma idéia realmente arrojada.  Se ninguém te odeia, você não passa de um cara commodity dizendo coisas banais. 
Se você está me odiando por dizer essas coisas, o cara sentado ao seu lado está amando. Pergunte para ele, ou envie o texto para alguém que você conhece, a reação será completamente diferente da sua. 
Se você quer realmente mexer com as coisas, você precisa, como eu, incomodar as pessoas, fazê-las se emocionar, ficar com raiva, p da vida, odiar.
Se você tem uma vontade genuína de mexer com o status quo, se expor, e expor as coisas erradas que precisam de mudanças, eu recomendo que você pratique no seu dia-a-dia as seguintes idéias: 
1. Você deve se importar mais do que as outras pessoas pensam que é inteligente.  As pessoas se apaixonam tão facilmente pelas próprias idéias que acabam não se preparando o suficiente para vendê-las para outras pessoas. Importe-se com as idéias dos outros mais do que elas mesmas. Sabatine essas pessoas com as Perguntas Óbvias: Quem, Como, Quando, Por que, Com Quem, O Quê, Quanto, Onde, Quando. Exemplos: “Quem você vai ajudar com essa idéia? Como você vai executar? Quando começa e termina o treinamento das pessoas? Por que você não escolheu o método X? Com quem vamos financiar? O quê vai acontecer se der tudo errado? Onde vamos estar se não encontrarmos as pessoas certas? Quando os concorrentes vão nos alcançar?”. Os donos das idéias vão te odiar, mas alguém precisa se importar com o sucesso dos outros mais do que a si mesmo. 
2. Você deve se arriscar mais do que as outras pessoas pensam que é seguro. A única maneira de você agregar valor nessa vida é dizer o que você realmente pensa sobre as coisas. O seu ponto de vista corajoso sobre a sua realidade é o que realmente interessa para ajudar a empresa a visualizar o futuro e tomar uma direção realista no presente.  Algumas pessoas vão te odiar por trazer a superfície um novo ponto de vista que ninguém havia pensado ou considerado, mas é para isso que você veio. Você não serve para realmente nada quando deixa de servir a essa função. Você deve estar sempre preparado para expressar a sua opinião e recomendação sobre qualquer coisa para todas as pessoas que você encontra em todas as reuniões. 
3. Você deve ser mais desinteressado do que as outras pessoas pensam que é interessante. Use descaradamente smartphones & notebooks durante reuniões boçais sobre projetos banais que você é forçado a participar porque eventualmente o dono da idéia tem algum status ou poder na empresa. Faça o dono da idéia perceber o quanto você está desinteressado com o projeto do cara, faça o cara ficar verdadeiramente incomodado com a sua completa dispersão a ponto de ter que ser objetivo, inovador e assertivo. Entre um e-mail ou outro que você responde no seu iPhone, faça perguntas agressivas para complicar a vida do cara. Exemplo, “Como vamos medir o retorno sobre o investimento nesse projeto?”, “Se essa idéia é tão bacana assim, por que não fizemos isso antes?”, “Se a idéia é tão bacana assim, por que o nosso concorrente ainda não fez?”, “Quem já quebrou a cara colocando essa idéia em prática?”, “Você já perguntou aos nossos clientes o que eles acham dessa idéia antes de seguir em frente com a execução?”. Não dá para ser interessado em tudo, e nem dizer que tudo que a sua empresa faz é realmente interessante; simplesmente pule fora de tudo que considerar desinteressante. Ajude a empresa a continuar na busca por projetos realmente inovadores, seja desinteressado!
4. Você deve ser mais arrogante do que as outras pessoas pensam que é aceitável. Comporte-se como um Lorde quando as pessoas estão de shorts e camiseta, seja sério quando todos tiram barato de tudo, deixe a festa antes de terminar chegue depois que começou, use o seu próprio notebook porque é melhor do que o notebook que a empresa oferece. Tenha orgulho do prêmio que recebeu, exponha para todo mundo ver, tenha orgulho da escola que estudou, exponha o diploma para todo mundo ler. Não faça pesquisas para descobrir o que o cliente quer ou pensa, ofereça o que você tem orgulho de fazer. Se você tem orgulho do que faz, alguém parecido com você nesse mundo também terá, e se transformará em seu cliente. Só conte piadas que faz você rolar de rir, só venda produtos que você também usa. Não pergunte ao cliente o que ele quer, diga a ele o que ele precisa.  Dane-se aqueles que não concordam com essas premissas, se alguém realmente discorda, alguém realmente concorda. Encontre o cara!
5. Você deve sonhar mais do que as pessoas pensam que é prático.  Dadá Maravilha, o carismático goleador que se dizia melhor do que o próprio Pelé, tinha um pensamento bem bacana sobre empreendedorismo. “Eu nunca aprendi a jogar futebol. Eu estava sempre ocupado fazendo gols”. Hoje, todos nós estamos cercados por um monte de babacas que sabem tudo sobre marketing, vendas e administração. Eles sabem fazer apresentações fantásticas em powerpoint, eles sabem criar relatórios como ninguém, eles sabem cortar custos como um açougueiro e torrar dinheiro como uma dondoca em um shopping center luxuoso, mas os caras não sabem fazer gol. Eles sabem “administrar”, mas não sabem vender. Eles sabem fazer gráficos de pizza que não emocionam nem o cara que coloca a pizza no forno. Traga problemas para a turma da tática e da técnica!! Faça GOL! É assim que vamos levantar a torcida! Estamos cercados de pessoas que se consideram técnicas vivendo uma enorme escassez de sonhadores. Você já ouviu falar de Alexandre, o Médio? Nunca! Os médios passam pela vida desapercebidos. As pessoas só conhecem o Alexandre, o Grande! Para que pensar “médio” se você pode pensar grande?
Eu odeio as pessoas que querem ser amadas por todos. Quando encontro uma figura desses na minha frente, eu faço de tudo para tirá-lo do conforto da sua mediocridade. 
A última figura que encontrei pela frente foi a mãe siliconada da filha que ganhou os peitos de silicone. Eu acho que ela ficou despeitada quando eu disse a ela o que eu penso sobre a sua decisão de liberar os peitos para a filha. 
Faça um esforço para ser odiado por algumas pessoas, NADA MENOS QUE ISSO INTERESSA!
QUEBRA TUDO! Foi para isso que eu vim! E Você?
Créditos: Ricardo Jordão Magalhães - www.bizrevolution.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Mal que a Corrupção causa a um país e um povo

Prezados leitores do Blog do Oscar, lendo o jornal BBC Brasil On Line me deparei com a seguinte matéria sobre a dificuldade encontrada por empreendedores em abrir e manter seus negócios na Rússia, país tomado pela corrupção e leis retrógradas que atravancam o desenvolvimento do país, e tiram o sossego e o sono de empresários. 
Ser empresário na Rússia virou profissão de risco para aqueles que se recusam a vender seus negócios a pessoas estranhas, pressionados por autoridades fiscais corruptas, que agem de forma descarada, achincalhando os empresários honestos que geram empregos, renda e pagam impostos. 
Vejam que coisa mais absurda! Leiam a matéria, reflitam, e que possamos ficar atentos para que o mesmo não venha a acontecer no Brasil.
Russo diz ter sido preso por se recusar a vender empresa Empresário tomou empréstimos e investiu para modernizar indústria
Fazer negócios na Rússia é reconhecidamente difícil. Mas em poucos lugares o empresário pode ser preso por não querer se desfazer do s…

Eu odeio a Oi Velox Lixo

Prezados leitores do Blog do Oscar, nunca odiei uma empresa tanto quanto estou odiando a Oi Velox nesse momento. Necessito da internet para desenvolver grande parte do meu trabalho e desde segunda-feira passada estou tendo problemas com a conexão da Oi Velox Lixo que teima em cair a todo momento.
Há alguns meses atrás, passei pelo mesmo problema! Abri uma reclamação na Oi Velox Empresarial mas, nem me deram satisfação! Abri outra reclamação na ANATEL mas, com essa foi pior ainda, até a presente data não obtive nenhuma resposta por parte das duas empresas. Abri reclamação no site Reclame Aqui, outra decepção! Como não obtive êxito, resolvi não mais reclamar e logo que o contrato vencer no mês de setembro próximo, não o renovarei. Buscarei outras alternativas de acesso à internet.
Como não tenho a quem recorrer, escrevo esse post para sentar o pau (no bom sentido), para desabafar, para mostrar a minha indignação com  essa empresa porcaria, de quinta categoria, bem como, para sentar o cace…

A FÁBULA DA GALINHA NA TERRA DA TRIBUTAÇÃO E DA SOLIDARIEDADE

Prezados leitores do Blog do Oscar, pesquisando em meus arquivos, encontrei essa pérola escrita por um amigo de profissão, que retrata muito bem a situação daqueles que vencem através da educação, do trabalho árduo, e que tem coragem de ser empreendedor no país da tributação, da corrupção, da malandragem, do jeitinho brasileiro, das mamatas, das falcatruas, do carnaval com suas mulheres quase nuas, da senvergonhice de alguns cidadãos e políticos, dos feriados, da cachaça, da cerveja, do futebol, dos políticos corruptos e bandidos, e por último, da vagabundagem que se estabeleceu em nosso tão amado país, chamado Brasil!
Leiam, ponderem e reflitam o texto abaixo! Estamos em ano eleitoral e precisamos acordar para os problemas que nos afligem todos os dias como cidadãos brasileiros! Principalmente, os impostos que tanto nos atormentam e que, como somos sabedores, a fatia maior do bolo de impostos, vai para o bolso dos políticos e funcionários privilegiados dos tres poderes. Nestas eleiçõe…