sexta-feira, 18 de março de 2011

O governo brasileiro versus os governos tiranos e ditatoriais

Prezados leitores do Blog do Oscar, é incrível como o governo brasileiro tem uma capacidade imensa de se opor ao que é certo, correto, ético, bom para um povo no todo, e ser a favor do que é mal, ruim, danoso, corrupto, como no caso do ditador e tirano Líbio Muammar Kadhafi contra seu próprio povo.

Estava hoje pela manhã ouvindo ao noticiário quando foi anunciado que o Conselho de Segurança da ONU determinou uma Zona de Exclusão aérea e uma possível intervenção militar na Líbia, para por fim ao massacre de milhares de rebeldes civis que querem depor o ditador Líbio por não aguentarem mais, serem explorados e massacrados por um tirano que só espalhou terror e ódio durante esses quase quarenta e dois anos no poder.

Após o repórter anunciar que o Conselho de Segurança da ONU baixou a tal resolução, instataneamente, o governo brasileiro se opôs. O governo brasileiro deveria se opor ao massacre que o povo líbio está sofrendo e não, apoiar um governo tirano e ditatorial. Apoiar ditadores como Muammar Kadhafi na Líbia, a família Castro em cuba, O Bufão do Hugo Chaves na Venezuela, o Índio Cocaleiro Evo Morales na Bolívia, Mahmoud Ahmadinejad no Irã, e outros ditadores que não me recordo no momento, é o mesmo que apoiar a Ditadura Militar no Brasil, no Chile e na Argentina que foi cruel para o povo desses países.

Só que, aqui, as coisas são diferentes, o governo brasileiro condena a ditadura militar e nem sequer quer ouvir falar no assunto! Prefere pagar indenizações milionárias a quem lutou contra o regime nas décadas de 60 e 70 e aspira criar um tribunal parecido com o que foi instalado na Argentina e Chile para apurar as atrocidades cometidas pelos militares desses países, com o intuito apenas, de punir militares responsáveis por crimes de torturas, e não, para apurar a verdade, punir os culpados e inocentar os que foram perseguidos inocentemente pelo regime militar. Por que então, o governo brasileiro e toda a corja do PT não apoia a volta da Ditadura Militar brasileira já que adoram defender ditadores mundo afora? 

Cada vez mais, sinto uma imensa vergonha e decepção com os governantes brasileiros. Um país que teve seu povo perseguido, torturado e morto, sair em defesa de governantes tiranos e ditatoriais, é no mínimo irresponsável. Fico tentando entender qual o real interesse obscuro dos governantes brasileiros em defender esses ditadores de quinta categoria que aterrorizam seu povo massacrando-os e arrancando-lhes à força até o direito de viver.

O mundo não precisa e não necessita de ditadores! Não existe mais lugar no mundo para governos ditatoriais e tiranos! Chega de tirania! O mundo anseia por governos democráticos onde o cidadão tenha seus direitos à liberdade de se expressar, reclamar, xingar, criticar, cobrar e tirar do poder aqueles a quem ele escolheu e elegeu pelo voto democrático para governá-lo, quando o mesmo não atender aos seus anseios e não respeitar seus direitos de cidadão.

Os governantes brasileiros precisam se atualizar. Precisam parar de ler Lênin, Marx, Trotsky, Mussolini, Hitler, Maquiavel e outras porcarias que apoiam e incentivam o Poder Absoluto! Que ensinam a como enganar e ludibriar as grandes massas, com o objetivo apenas de escravizá-las! Ditadura nunca foi boa para ninguém mas, uma coisa eu tenho certeza que iria acontecer  numa ditadura militar no Brasil, os políticos safados, corruptos, ladrões, oportunistas e mensaleiros atuais, levariam cacete, seriam postos em Pau-de-arara, seriam perseguidos e torturados como muitos foram no passado pelos Generais! A roubalheira não seria tão descarada como é atualmente.

Já que a corja do PT gosta tanto de defender governos ditatoriais, deveria defender a volta da ditadura no Brasil. Qual a diferença em defender governos ditatoriais e a ditadura no Brasil? Para encerrar a delonga, a pergunta que faço para reflexão é a seguinte: ATÉ QUANDO, IREMOS SUPORTAR NOSSOS GOVERNANTES NOS ROUBAR, FAZER BONDADE COM O DINHEIRO TUNGADO DO POVO BRASILEIRO E AINDA POR CIMA,  APOIAR E AJUDAR FINANCEIRAMENTE COM ESSE DINHEIRO, DITADORES NO MUNDO INTEIRO?

ACORDA BRASIL!!!

Um comentário:

  1. Você devia ler a Carta Maior

    DEBATE ABERTO

    ONU: dois pesos, duas medidas

    Em 1994, Ruanda foi palco de um genocídio perpetrado durante 100 dias por radicais hutus contra tutsis e hutus moderados, resultando na morte de cerca de um milhão de pessoas. Os principais acusados pela indiferença são os mesmos que aprovaram a resolução do Conselho de Segurança contra a Líbia, ou seja, EUA, França e Grã-Bretanha, além da Bélgica.

    Por: Larissa Ramina

    http://www.cartamaior.com.br/templates/colunaMostrar.cfm?coluna_id=4994&boletim_id=867&componente_id=14197

    ResponderExcluir

Sorteio de R$150,00 – você só precisa comentar!

Taí uma bela oportunidade ganhar R$ 200,00 com programas de afiliados!!! Acessem o link abaixo e vejam as regras para concorrer ao prêmio!!!...