terça-feira, 24 de maio de 2011

Brasileiro trabalha 149 dias por ano para pagar imposto

Prezados leitores do Blog do Oscar, a quem for de interesse e ainda tiver capacidade de se indignar com os governantes, funcionários públicos marajás, ONG's corruptas, um judiciário corrupto e subserviente e os políticos corruptos e canalhas do Brasil, segue abaixo matéria publicada no Jornal O Tempo, Edição de hoje 24.05.2011, o quanto precisamos trabalhar por ano somente para pagar impostos, taxas e contribuições, para sustentar a vida boa e mansa dos políticos que a maioria do povo brasileiro insiste em eleger.

Espero que a matéria sirva para reflexão daqueles que votam em troca de favores de políticos corruptos, para aqueles que usufluem das "Bolsas esmolas" que o governo distribui camufladas de "distribuição justa de renda" e a tal "justiça social".


O brasileiro terá de trabalhar 149 dias este ano apenas para pagar os tributos (impostos, taxas e contribuições) cobrados pelos governos federal, estadual e municipal. Isso significa que tudo o que o contribuinte tenho recebido entre 1º de janeiro e o próximo domingo, dia 29, terá servido exclusivamente para quitar impostos.


É o que mostra estudo divulgado ontem pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT). Intitulado "Os dias trabalhados para pagar tributos - 2011", o estudo considera toda a tributação incidente sobre os rendimentos, como salários e honorários, em que destacam-se o Imposto de Renda e as contribuições previdenciária (INSS) e sindicais.

"Em 2011 o contribuinte trabalhará quatro meses e 29 dias só para pagar impostos, um dia a mais do que no ano passado", observa João Eloi Olenike, presidente do IPBT. No cálculo da fatia que os tributos comem da renda dos cidadãos, o estudo contabiliza ainda impostos embutidos nos preços de produtos e serviços, como o PIS, ICMS e IPI, a tributação de patrimônio (IPTU, IPVA e ITBI, entre outros), além de outras taxas como limpeza pública, coleta de lixo, emissão de documentos e iluminação pública.

Realizado desde 2003, o estudo do IBPT mostra também que o comprometimento da renda para pagar tributos não para de crescer no Brasil. Naquele ano, o brasileiro destinou 36,98% do seu rendimento bruto para este fim.

O estudo destaca ainda que, no caso do Brasil, a qualidade dos serviços públicos segue descolada do progressivo aumento da carga tributária. "Enquanto é costumeira a notícia de recordes sucessivos de arrecadação de impostos, o brasileiro convive com problemas na saúde pública, educação deficiente, falta de segurança pública e infraestrutura caótica", diz Olenike.


ACORDA BRASIL!!!

Créditos: Jornal O Tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sorteio de R$150,00 – você só precisa comentar!

Taí uma bela oportunidade ganhar R$ 200,00 com programas de afiliados!!! Acessem o link abaixo e vejam as regras para concorrer ao prêmio!!!...