Pular para o conteúdo principal

A Saúde no Brasil e a Ressurreição da CPMF

Prezados leitores do Blog do Oscar, passado as eleições com a vitória da candidata dos PeTralhas à presidência da República, um assunto antigo volta a rondar as conversas entre os governadores eleitos e a presidente da república eleita, a volta da famigerada CPMF - Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira, com a desculpa antiga de que os recursos arrecadados serão usados para o custeio da saúde pública no Brasil.

Sabemos muito bem que os R$ 40 bilhões que eram arrecadados pela CPMF não eram gastos com a saúde, e sim, eram desviados para outros fins, tais como: corrupção de deputados, senadores, governadores, prefeitos, vereadores e outros envolvidos em corrupção no Brasil, para pagamento de mensaleiros e etc., menos com a saúde pública.

Na campanha presidencial, o presidente Lula subiu em palanques de sua candidata e defendeu a volta da CPMF. Pregou aos quatro cantos do Brasil que, caso sua candidata fosse eleita, trabalharia no sentido de ressuscitar a famigerada contribuição que tunga R$ 40 bilhões por ano, das movimentações financeiras de todo o povo brasileiro, seja ele, rico ou pobre.

Antes dos honoráveis senadores votarem contra a prorrogação da famigerada contribuição, a saúde vinha arquejando, sem investimentos e melhorias e não se falava em investir todo o dinheiro arrecadado com a contribuição para a saúde. Agora esses honoráveis senhores dizem que todo o dinheiro arrecadado com a CPMF será aplicado na saúde através do SUS - Sistema Único de Saúde. Só se eu for um grande idiota como a maioria do Zé Povinho que habita nosso Brasil para acreditar nas promessas desses honoráveis senhores.

Há muito tempo deixei de acreditar nos políticos do Brasil! Me tornei totalmente incrédulo! Só não me mudo desse país utópico por falta de condições.

A solução para a saúde pública no Brasil sem aumento de arrecadação e criação ou ressuscitação de impostos é:
1. Acabar com os cargos comissionados e o desvio de função por parte dos funcionários concursados, em
todas as esferas do poder público;
2. Investir todo o dinheiro economizado com esses cargos comissionados na saúde pública;
3. Profissionalizar a gestão dos hospitais públicos;
4. Promover políticas de incentivo fiscal às empresas privadas na criação de novos postos de trabalho para 
que as mesmas possam absorver os funcionários que exerciam cargos comissionados, usando como     critérios: a MERITOCRACIA;
5. Exigir que cada prefeito e governador aplique os recursos direcionados para a saúde pública de forma
integral, sem desviar os recursos para outro fim, punindo de acordo com a lei, os gestores públicos que
desobedecerem;
6. Fiscalizar através dos Tribunais de Contas e das Controlodarias Gerais a aplicação dos recursos
destinados para a saúde pública para que não haja desvios e corrupção;
7. Proibir os prefeitos dos municípios de comprarem "Ambulancioterapias" para trazerem os pacientes
desses municípios para superlotarem os hospitais públicos das capitais;
8. Exigir e fiscalizar as prefeituras para que apliquem os recursos destinados à saúde pública na construção
de postos de saúde para atendimento ambulatorial de prevenção e na construção de hospitais municipais 
em suas cidades para evitarem as "ambulancioterapias";
9. Valorizar os funcionários da saúde com cursos de aperfeiçoamento e qualificação profissional, respeitar 
as jornadas de trabalho de cada profissional, pagar salários dígnos para todos os profissionais da saúde;

Essas são apenas algumas das sugestões que caso os governantes levem a sério e ponham em prática, com certeza irá melhorar muito a saúde pública no Brasil, sem a necessidade de aumentar a arrecadação tributária que já beira os 37% do PIB - Produto Interno Bruto, e que o contribuinte brasileiro não suporta mais, e também, sem haver necessidade de ressuscitar a CPMF.

Se os leitores tiverem alguma(s) sugestão(ões), podem enviar por e-mail ou façam seus comentários abaixo, que terei o maior prazer em publicá-las.

ACORDA BRASIL!!!

Comentários

  1. Tenho algumas sugestões para anexar ao seu rol.

    Sistemas de informação em cada recanto da administração pública.

    Sou a favor da publicação online de saldo de contas públicas.
    Da publicação da estrutura das contas públicas.
    Da promoção de cursos sobre as contas públicas.
    Da disponibilização na internet de notas fiscais scaneadas.

    Gestor público tem que prestar contas de tudo.
    Tem que se preocupar em convencer os cidadãos, isso não quer dizer fazer propaganda, mas sim mostrar resultados no dia-a-dia.

    O cidadão precisaria aprender o que fazer quando um serviço público não lhe atendesse.
    Não há como deixar de pagar os impostos sem ir para a cadeia.

    Votar em branco ou votar nulo, nada disso adianta para atacar o problema em si.

    Estamos todos longe de termos algum poder sobre a qualidade do serviço público.

    Então estamos assim: pagamos por um serviço que nos deve ser prestado, esse serviço é péssimo na nossa avaliação e nós achamos que nada temos com isso, que somos impotentes.

    O pior é que somos mesmo.

    Quem controla a qualidade do serviço público ?
    Quem pode determinar que tal ou qual serviço deva melhorar ou mereça melhorar ?
    Na administração pública existem administradores formados ? Concursados ? Estes estão à frente das decisões que melhoram a qualidade do serviço prestado ao público ?

    Em primeiro lugar, precisamos aprender qual o custo do serviço público que temos.


    Este desabafo que fazemos é uma boa válvula de escape para a gente " botar pra fora " e ajuda bastante, cria consenso em torno dos participantes, mas para agir mesmo é preciso mais.

    Preto no branco, hoje, agora, absolutamente nada existe que dote o cidadão de poder de avaliação sobre o seviço que obtém. A administração pública não tem sequer noção das qualidade boa ou má dos seus seriços. Não se premia pelas melhorias, não se combra responsabilidade pelos serviços inúteis.

    Não se promove a responsabilização, via de regra, com exceção para o Ministério Público, que isso faz, responsabilizando gestores ruins.

    transformação da realidade por que passamos, exceto, a laços de família ou amizade com políticos, e olhem lá se funciona mesmo assim.

    É preciso mais que discurso, é preciso estratégia de guerra, estratégia de guerra e disposição para guerrear durante uma vida inteira.

    Sempre há o que ser feito para contribuir, mas é preciso compromisso pessoal, e antes de tudo entendimento de que, quer queiramos ou não, sempre faremos parte ou do problema, ou da solução, pelo simples fato de existirmos !

    Simples assim !

    Enquanto continuarmos fingindo que " não é comigo", "depois eu vejo", "deixa prá lá", a coisa nem sequer começou a mudar.

    O cidadão, na ponta da cadeia de fatos, pode contribuir se resolver agir com real interesse público, para seu própio benefício.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Mal que a Corrupção causa a um país e um povo

Prezados leitores do Blog do Oscar, lendo o jornal BBC Brasil On Line me deparei com a seguinte matéria sobre a dificuldade encontrada por empreendedores em abrir e manter seus negócios na Rússia, país tomado pela corrupção e leis retrógradas que atravancam o desenvolvimento do país, e tiram o sossego e o sono de empresários. 
Ser empresário na Rússia virou profissão de risco para aqueles que se recusam a vender seus negócios a pessoas estranhas, pressionados por autoridades fiscais corruptas, que agem de forma descarada, achincalhando os empresários honestos que geram empregos, renda e pagam impostos. 
Vejam que coisa mais absurda! Leiam a matéria, reflitam, e que possamos ficar atentos para que o mesmo não venha a acontecer no Brasil.
Russo diz ter sido preso por se recusar a vender empresa Empresário tomou empréstimos e investiu para modernizar indústria
Fazer negócios na Rússia é reconhecidamente difícil. Mas em poucos lugares o empresário pode ser preso por não querer se desfazer do s…

Eu odeio a Oi Velox Lixo

Prezados leitores do Blog do Oscar, nunca odiei uma empresa tanto quanto estou odiando a Oi Velox nesse momento. Necessito da internet para desenvolver grande parte do meu trabalho e desde segunda-feira passada estou tendo problemas com a conexão da Oi Velox Lixo que teima em cair a todo momento.
Há alguns meses atrás, passei pelo mesmo problema! Abri uma reclamação na Oi Velox Empresarial mas, nem me deram satisfação! Abri outra reclamação na ANATEL mas, com essa foi pior ainda, até a presente data não obtive nenhuma resposta por parte das duas empresas. Abri reclamação no site Reclame Aqui, outra decepção! Como não obtive êxito, resolvi não mais reclamar e logo que o contrato vencer no mês de setembro próximo, não o renovarei. Buscarei outras alternativas de acesso à internet.
Como não tenho a quem recorrer, escrevo esse post para sentar o pau (no bom sentido), para desabafar, para mostrar a minha indignação com  essa empresa porcaria, de quinta categoria, bem como, para sentar o cace…

A FÁBULA DA GALINHA NA TERRA DA TRIBUTAÇÃO E DA SOLIDARIEDADE

Prezados leitores do Blog do Oscar, pesquisando em meus arquivos, encontrei essa pérola escrita por um amigo de profissão, que retrata muito bem a situação daqueles que vencem através da educação, do trabalho árduo, e que tem coragem de ser empreendedor no país da tributação, da corrupção, da malandragem, do jeitinho brasileiro, das mamatas, das falcatruas, do carnaval com suas mulheres quase nuas, da senvergonhice de alguns cidadãos e políticos, dos feriados, da cachaça, da cerveja, do futebol, dos políticos corruptos e bandidos, e por último, da vagabundagem que se estabeleceu em nosso tão amado país, chamado Brasil!
Leiam, ponderem e reflitam o texto abaixo! Estamos em ano eleitoral e precisamos acordar para os problemas que nos afligem todos os dias como cidadãos brasileiros! Principalmente, os impostos que tanto nos atormentam e que, como somos sabedores, a fatia maior do bolo de impostos, vai para o bolso dos políticos e funcionários privilegiados dos tres poderes. Nestas eleiçõe…